Debron e Ekaut: de Pernambuco para o mundo!

❤ Por Clarice Concê

Que o bom pernambucano tem o maior orgulho de tudo que é da nossa terrinha a gente já sabe, mas se tem uma coisa, em especial, que faz o coração das Marias pulsar mais forte são as nossas cervejarias!

Conheçam mais duas cervejarias que participarão da 2ª edição do Que Malte Pergunte!

Cervejarias_Post2

 DEBRON

Uma das várias tradições que envolvem o consumo do nosso pão líquido querido é um brinde com a garrafa que nos serve para a fonte nunca secar. Pensando nisso a vontade que dá é brindar com garrafas, barris e fermentadores da DeBron para que A Fonte continue jorrando belas cervejas.

Foto: Socialland.

Com pouco mais de dois anos de existência e sete rótulos em seu catálogo, a DeBron é pioneira no estado em muitos sentidos. A cervejaria foi peça-chave no crescimento da cultura artesanal em Pernambuco, trouxe para nosso mercado as polêmicas garrafas que aperfeiçoam o colarinho e lançaram com sucesso uma linha envelhecida em barril e madeira, tendência forte na cena cervejeira eme 2017 que deve seguir em 2018. A linha Bangüê, que usa as madeiras de amburana e carvalho, foi premiada no Australian Internacional Beer Awards, na Austrália. Mas esse é apenas um dos prêmios da cervejaria mais premiada do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do Brasil.
 

Foto: Terra magazine.

EKÄUT

Inaugurada em janeiro de 2016, a Ekäut já se estabeleceu como referência em cervejaria pernambucana. E pernambucana de raiz,ela é, abraçando nossa história desde a escolha do nome – inspirado no desenhista holândes Albert Eckhout – até a premiada APA 1817, uma American Pale Ale que homenageia a Revolução Pernambucana de 1817, um dos mais importantes movimentos emancipacionistas do período colonial brasileiro. Mas o incentivo à cultura local não para por aí.

Sócios André e Diogo. Foto: Diario de Pernambuco

Além de marcar presença nos principais eventos locais e reconhecer a importância do movimento dos cervejeiros caseiros, a Ekäut também sabe aproveitar outros talentos da terrinha. Em 2017 a cervejaria lançou a Ekäut Coffee Stout, fruto de uma união com a produtora pernambucana de café Yaguara Ecológico. Com o cuidado e qualidade que os sócios, Diogo Chiaradia e André Turton investem no negócio desde sua concepção, o sucesso e reconhecimento da Ekäut era mais do que esperado. 

Foto: Revista Malagueta.

É com grande prazer que contamos com a participação dessas cervejarias  no nosso “Que Malte Pergunte.. tem cerveja gringa aí?”!

Para compra de ingresso, clique aqui: https://goo.gl/MNDHWn

E para conferir a batalha de cervejeiros caseiros, acesse nosso instagram: @mariabonitabeer

 

Cervejaria Perro Libre no Que Malte Pergunte 2018

❤ Por Marias Bonitas

É com muito orgulho que apresentamos a primeira cervejaria que aceitou participar (e com entusiasmo) do “Que Malte Pergunte… tem cerveja gringa aí?”! Sim meus amigos e minhas amigas, estamos hablando da Perro Libre (Porto Alegre-RS)! o/

Uma cervejaria que se intitula “sem coleiras” e que começou em 2011 nas panelas de casa como muitos(as) de nós. E como caseiros criativos, o objetivo era explorar ao máximo os limites da arte de produzir cerveja. Em 2012 o que era a contemplação da arte passou a ser ciência para a Perro e o Thiago foi se profissionalizar na Inglaterra!

mg_3900_pb-855x570.jpg
Thiago, Lucas e Alberto (da esquerda para a direita) no primeiro dia de produção da Perro Libre.​ Fonte: https://goo.gl/B5ZWj7

Em 2015 a Perro já produzia 1.000 litros por mês e até o final deste mesmo ano, já passavam da marca de 3.000 litros. Esse mesmo ano foi muito representativo para nós da Maria Bonita Beer, pois foi o ano de lançamento da 803, aquela cerveja tão marcante e importante para o cenário cervejeiro. A 803 é uma linda homenagem ao Dia Internacional da Mulher (8/03), e sim, a cerveja é porreta: uma Black Rye IPA, sem precedentes de tão boa! Um orgulho!

E daí por diante a Perro libre só tem nos surpreendido com seus rótulos livres e desimpedidos de amarras.

Perro Tap Room | Fonte: Cristiano Bauce Fotografia de Arquitetura

Confere só alguns sucessos:

  • Cervejas fixas: Neo Pils Hop Blend, American Pale Lager, Session IPL, American Pale Ale e India Pale Ale).
  • Cervejas sazonais: Sorachi Berliner e a 803.
  • Edições limitadas: Galaxi Juicy Tart, Solo Citra Double, Solo Simcoe Double IPA, Powder & Resinate DIPA e SWC Double IPA.
  • Cervejas Colaborativas: Juicer Than Ever (EverBrew) e a Braskadi (feita na Espanha, em colaboração com a Laugar Brewery).

E aí? Animados? Estamos a todo vapor para entregarmos uma festa memorável a vocês!

Para compra de ingresso, clique aqui: https://goo.gl/MNDHWn

E para conferir a batalha de cervejeiros caseiros, acesse nosso instagram: @mariabonitabeer

Besos lupulados e hasta luego!

Escola inglesa x Escola Americana: de que lado você está?

❤ Por Marias Bonitas

Olá Cervejeiras(os)!  O Que Malte Pergunte este ano é sobre essas duas escolas cervejeiras que fazem sucesso nos pubs, bares, brewpubs, cervejarias, restaurantes, enfim… no seu copo/taça.

Que tal adicionar madeiras, frutas, especiarias, flores, chás, cafés, para incrementar ainda mais essas belezinhas?

E como vocês sabem desde a edição passada, as verdadeiras estrelas da festa são os(as) cervejeiros(as) caseiros(as) e as cervejarias com as suas cervejas temáticas. O regulamento segue basicamente o mesmo que foi acordado na edição Tem Limão Aí: mínimo de 20 litros  e máximo de 50 litros por estilo para troca de ingresso pra festa. Vide regulamento e ficha de inscrição (data limite: 12/12/2017).

Sendo assim, para dar aquela facilitada na busca por inspirações para o evento, fizemos uma listinha misturando estilos do BJCP 2015 e do BA 2017. Então confere aí:

Conhecida pela ênfase nos aromas e sabores maltados e lúpulos terrosos, florais e herbais, a escola inglesa encanta dos mais leigos aos mais experientes.

  • British Bitter: Ordinary Bitter, Best Bitter ou Special Bitter, Extra Special Bitter, Strong Bitter.
  • Pale Commonwealth Beer: British Golden Ale, Australian Sparkling Ale, English IPA.
  • Brown British Beer: Dark Mild, British Brown Ale, English Porter, Baltic Porter, Robust Porter.
  • Scottish Ale: Scottish Light, Scottish Heavy, Scottish Export.
  • Irish Beer: Irish Red Ale, Irish Stout, Irish Extra Stout, Sweet Stout ou Cream Stout.
  • Dark British Beer: Sweet Stout, Oatmeal Stout, Tropical Stout, Foreign Extra Stout, Dry Stout.
  • Strong British Ale: Old Ale, Wee Heavy, English Barleywine, Britsh-Style Imperial Stout, Export-Style Stout.
  • IPA: English IPA, Specialty IPA (Black IPA, Brown IPA, Red IPA, Rye IPA , White IPA).
  • Outras: English-Style Summer Ale, English-Style Pale Mild Ale, English-Style Dark Mild Ale, English Wood Beer.

Esta é a escola conhecida pelos seus radicalismos e pelos seus lúpulos cítricos. Com ênfase no “exagero”, a escola americana faz, literalmente, a cabeça dos hop heads, como gostam de ser chamados os amantes de lúpulos. Mas nem só de lúpulo vive a escola americana, hein. Dá uma olhada na listinha aí abaixo:

Standard American Beer: American Light Lager, American Lager, American Amber Lager, American Amber Light Lager, American-Style Pilsener, American-Style Ice Lager, American-Style Malt Liquor, Cream Ale, American-Style Marzen/Oktoberfest, American Style Dark Lager
Pale American Ale: Golden ou Blonde Ale, American Pale Ale
Amber And Brown American Beer: American Amber Ale, California Common, American Brown Ale
Strong American Ale: Double IPA, American Strong Ale, American Barleywine, Wheat wine ale, Imperial IPA, Double Red Ale, Imperial Red Ale
American Wild Ale: Brett Beer, Mixed-Fermentation Sour Beer, Wild Specialty Beer, American-Style Sour Ale.
Outras: American IPA, American Black Ale, American Stout, American Imperial Stout, Smoke Porter, American Wheat Beer, Pumpkin Spice Beer, American Wood Beer.

E aí? Quem você vai defender? De que lado você estará no dia 06 de janeiro? Que comecem as brassagens!

Começa a venda de ingressos para o Que Malte Pergunte… tem cerveja gringa aí?

❤ Por Marias Bonitas

Olá Cervejeiras(os)!

Hoje daremos início a venda de ingressos para o grande evento de 2018: Que Malte Pergunte… tem cerveja gringa aí?. O evento acontecerá dia 06 de janeiro de 2018, no Jardim Aurora e os ingressos estão à venda no Sympla.

Jardim Aurora

INTERESSADO EM APOIAR NOSSO EVENTO?

Envie um email para mariabonitabeer@gmail.com até o dia 19 de dezembro, e te enviaremos um projeto super simpático para você saber como nos apoiar. Será um prazer ter a sua marca em nosso evento!

CuriosoS pra saber como foi nosso evento anterior?

Na edição “tem limão aí?” a proposta foi aproveitar o dia ensolarado de verão e apresentar variados estilos de cerveja com caráter cítrico e refrescante para harmonizar com o verão. Confere AQUI.  Também temos uma galeria de fotos do QMTP deste ano.
Ansiosos?
Beijos lupulados!

Relato de Brassagem: Catharina Sour segundo lugar no Hoptoberfest 2017

Por Marias Bonitas

Como todo mundo bem sabe, em Outubro aconteceu a Hoptoberfest 2017. E pra participar da maior festa cervejeira em linha reta, as Marias Bonitas fizeram muitas análises e muitos estudos, e concorremos em quase os estilos propostos pela comissão do concurso da festa. \o/ SEGURA A PRESSÃO!

Os estilos propostos foram: German Pilsen, Berliner Weiss, Dubbel e Catharina Sour. Como agora somos muitas (ainda bem!), nos dividimos em grupos.
Um dos grupos fez a Berliner Weiss e Catharina Sour. Se liga aí nos processos que as meninas elaboraram pra ter uma cerveja mara o que? Vilhoooosa!
E que nos rendeu o segundo lugar, pois o primeiro ficou com a Flávia e Vitor que levaram todos os primeiros lugares do concurso! Só orgulho, muito merecido!!!!

Esse estilo de cerveja é relativamente simples em sua composição, mas necessita de bastante cuidado e paciência em sua elaboração para que o pH seja equilibrado e a acidez necessária alcançada com sucesso. Pra isso foram preciso dois dias seguidos de brassagem.

Dia 1

WhatsApp Image 2017-09-12 at 22.18.10
Foram usados estes compostos químicos para a correção do PH da água
WhatsApp Image 2017-08-26 at 11.28.11
Infusão dos maltes
WhatsApp Image 2017-09-12 at 22.18.08
Aferição da OG
WhatsApp Image 2017-08-27 at 12.49.44
Lactobacillus B. nele! 😛

WhatsApp Image 2017-08-26 at 21.55.30

Aferição do pH do mosto

WhatsApp Image 2017-09-03 at 17.46.49
Gambiarra para manter a temperatura do mosto

Dia 2

Após atingirmos a acidez desejada, partimos para a fervura e adição dos insumos finais (lúpulo e levedura).

WhatsApp Image 2017-08-27 at 10.48.02
Levedurinhas em ação
WhatsApp Image 2017-08-27 at 12.49.44 (1)
Fermentação iniciada à 19 graus por 15 dias
Primeiro dia: brassagem + momento de descontração
Segundo dia: acompanhamento da Berliner Weiss e Catharina Sour (Flávia, Julyana, Vanessa e Lucy)

Fiquem ligadas(os) que teremos mais brassagens feras por aí! 😉Beijos lupulados!

Hoptoberfest 2017 – Ganhamos mais um prêmio!

❤ Por Marias Bonitas

Chris, Fernanda Ueno (simpatia em pessoa), Rodrigo e Lucy | Foto: João Castelo Branco

Panorama

Minha gente, o que foi essa Hoptoberfest 2017? Que lugar maravilhoso! Nunca vimos tanta gente linda compartilhando o mesmo objetivo: conhecer as cervejas dos(as) cervejeiros(as) caseiros(as) Pernambucanos (e artesanais brasileiras, pois tivemos cervejas de fora do estado).

Foto: João Castelo Branco
Foto: João Castelo Branco

O local da festa era amplo, aberto, arejado! As chopeiras estavam bem distribuídas, mas as filas eram inevitáveis, porém até que passava rápido com a conversa! 2000L de cerveja brasileira! ❤

Foto: João Castelo Branco
Foto: João Castelo Branco
Foto: João Castelo Branco
Foto: João Castelo Branco
Foto: João Castelo Branco
A querida cerveja Paulistense de Márcia e Beth!

COMIDAS

Como opção de comida, tivemos a nossa parceira do QMTP, a Kwai Burguer!

Foto: João Castelo Branco

MÚSICA

Foram 3 atrações musicais: Xote Marley, Coff e DJ da Lata, que colocaram todo mundo pra balançar o esqueleto entre uma cerveja e outra. 🙂

Foto: João Castelo Branco

CONCURSO

A grande atração da festa foi o concurso anual da ACERVA-PE! Esse ano o desafio era produzir German Pils, Belgian Dubbel, Berliner Weiss e Catharina Sour!

.
Todo mundo ansioso pra saber os campeões e no rufar dos tambores….

.
Isoladamente em todos os prêmios tivemos uma Maria Bonita:

  • Flávia Marques (a grande campeã da noite, juntamente com seu marido Vitor, levaram todos os primeiros lugares, SIM! em todos os estilos avaliados;
  • Lucy Cavalcante e Christophe, ficaram com o segundo lugar no estilo Belgian Dubbel;
  • Juliana Cavalcanti, da nossa querida Villa do Malte, ficou com terceiro lugar no estilo Belgian Dubbel.

*Se liga na barra lateral do blog, que já tem medalha nova! ❤

Não faltou prêmio nessa foto. | Foto: João Castelo Branco
O casal Harmonic ganhou o primeiro lugar em TODAS as categorias. | Foto: João Castelo Branco
Lucy comemorando sua premiação | Foto: João Castelo Branco

Além disso, enquanto as Marias Bonitas juntas, levamos o segundo lugar na Catharina Sour. o/

Foto: João Castelo Branco

Foi bom né? Parabéns a equipe de diretores e associados da ACERVA-PE, envolvidos nessa festa tão linda e que tem lugar em nossos corações. Aguardando já a Hoptoberfest de 2018!

Beijos lupulados!

 

Maria Bonita Beer 2017.2

❤ Olá Cervejeiras(os)!

Depois de uma pausa estratégica (que chamamos gentilmente de Freio de Arrumação), aqui estamos nós de novo cheias de novidades. O  que achamos mais incrível nessa pausa, é que vocês não deixaram de procurar o blog para obter informações novas sobre o cenário pernambucano de cervejas. o/ 😉

Mas sem mais enrolação, andamos elaborando o calendário de atividades da Confraria Maria Bonita Beer. Então confere aí!

CADASTRO DE MARIAS

A ideia é que as interessadas em fazer parte da Confraria paguem uma taxa única de inscrição (não é anuidade), que vai dar direito a carteirinha, um bottom e vai nos ajudar a comprar as taças para as degustações (acervo MBB). Se você tem interesse em participar/colaborar com a Confraria, segue o link para o formulário com as perguntinhas para nos conhecermos melhor: https://goo.gl/forms/YIn7pgZ6sJ9Ezrvo1

A taxa para inscrição será de R$50,00 e as informações para transferência, podemos te passar por email. Nos envie um email para mariabonitabeer@gmail.com e no título do email, escreva: CADASTRO MBB.

DEGUSTAÇÕES MENSAIS

Com esse dinheiro do cadastro, conseguiremos comprar as taças para as degustações. Elas serão guiadas pelas nossas sommelières e você poderá participar (se quiser) explicando sobre o tema da degustação. Dessa forma, compartilharemos conhecimento juntas!<3
As degustações serão temáticas e um grupo no whatsaspp já existe para que passemos as informações dos eventos. Se você tem interesse em participar do grupo, que já conta com mais de 40 mulheres que se interessam por cerveja (em qualquer nível), envie um email com seu número de telefone e no título do email, escreva: BEERX.
* A participação no grupo do whatsapp independe do pagamento da taxa, ok? Queremos que todas sejam bem vindas!

QUE MALTE PERGUNTE (JANEIRO/2018)

O Que Malte Pergunte: Tem limão aí? foi um sucesso, confira aqui. E você deve estar pensando, qual será o tema do QMTP ano que vem, não é mesmo? Já estão ansiosos? A única coisa que podemos adiantar é que vamos anunciar o tema do evento  em setembro para que tenhamos tempo de fazer cervejas beeeem maturadas. Só não dou mais dicas para não ficar fácil demais. Mas vai ser incrível (de novo)!

A propósito, se você tem um micronegócio, cervejeiro ou não cervejeiro, entre em contato conosco para pensarmos em parcerias. Enviei um email para mariabonitabeer@gmail.com e no título do email, escreva: PARCERIA QMTP.

MELHORES DA CERVEJA PERNAMBUCANA

Créditos: Revista Algo Mais. Foto: Diego Nóbrega

Pensando em valorizar a cena pernambucana de cervejas (que está incrível), estamos trabalhando em um grande evento que premiará os melhores da cerveja pernambucana em várias categorias. Logo mais contaremos as novidades para vocês que serão primordiais na seleção dos mesmos.

SELO AMIGOS DA MBB

Criamos um selo bem incrível para sinalizarmos os bares onde frequentamos e somos devidamente respeitadas como um público consumidor de cervejas sejam elas fortes, fracas, adocicadas, álcoolicas, envelhecidas, salgadas, encorpadas, leves, claras, escuras, enfim…

Então os bares que receberem o nosso selo Amigos da MBB são ambientes em que podemos garantir pela nossa frequência e análise do atendimento, que seremos sempre respeitadas e bem atendidas. Contamos com vocês para nos ajudar a mapear esses bares/pubs/restaurantes/lojas especializadas em cervejas artesanais. Logo mais traremos o selo para o blog, em uma nova postagem.

E aí, gostaram das novidades? Comenta aqui o que vocês acharam, críticas e sugestões! Ficaremos bem felizes em responder todas! ❤

Pink Boots Society 2017: Ancestral Beer

Por Marias Bonitas

capa_facebook_psb

Olá cervejeiras(os)! Recuperados do carnaval? O Terraço 46 arrasou nas cervejas artesanais, né?! #OlindaArtesanal 😉

Agora que o ano a semana recomeçou, já podemos voltar ao foco da Pink Boots Society. Se não sabe do que a gente está falando, clica aqui.

O estilo escolhido deste ano foi a: Ancestral/Historical Beer.

Para essa cerveja, quisemos trazer toda a história da cerveja e da gastronomia a tona. Pensamos em utilizar os grãos mais antigos da história da gastronomia: a cevada, o centeio e o trigo. O mel também era muito utilizado para simbolizar fertilidade e abundância (assim como a deusa Ceres) e seu consumo data desde a pré-história.

sem-titulo

As cervejas antigamente, tinham um carácter mais ácido, devido a fermentação aberta e exposição a leveduras selvagens e bactérias da microbiota local. Então, para trazer essa característica, a base da cerveja será uma saison e levará malte acidificado para diminuir o ph. Ainda em relação ao malte, usaremos um pouco de malte defumado, uma referência aos antigos processos de malteação, que submetiam os grãos de cevada germinada à chama direta, conferindo sabor de fumaça.

Outro ingrediente histórico que faremos questão de incluir, é o gruit. O gruit é uma junção de ervas que conferem amargor e aroma; e que era adicionado a cerveja antes da descoberta das propriedades do lúpulo, por Hildegard Von Bingen (sim, uma mulher ❤ ). As meninas da Confraria Lupulindas, inclusive, vão fazer uso do gruit de ervas amazônicas. #GENIAL
Nosso Gruit será composto de zimbro, noz moscada e folhas de curry.

Falando nelas, gostaríamos de elucidar que este ano a Pink Boots Brasil será especial. O norte e nordeste brasileiro se uniu e faremos uma ação conjunta. Dá uma olhada nesse mapa e observa o que TODAS, juntas, conseguimos fazer! ❤

pinkboots
E Pernambuco tem botinha em Recife e Petrolina ❤

o que acontecerá?

Acontecerá uma brassagem aberta ao público. Você poderá nos ajudar a produzir uma cerveja histórica! Ainda teremos sorteios de brindes. Vai ser demais! 😉

Fiquem ligadas(0s) na Hora, Local e Razão:

Local da brassagem: Marc et Louis

Endereço: R. Capitão Zuzinha, 136 - Boa Viagem, Recife - PE

Hora: 10:00h ( evento dura o tempo de uma brassagem normal, em torno de 7h)

Razão: Além de ser uma brassagem coletiva em todo o mundo em comemoração do Dia da Mulher, tem uma razão bem especial, que é arrecadar fundos para fazermos uma doação à instituição da Pink Boots, que promove cursos cervejeiros para mulheres, assim fomentando ainda mais esse movimento lindo e cheio de empenho que é o das mulheres cervejeiras. o/

Este ano, nossos PATROCINADORES serão:

logolaranja_patt_lou           455546villadomalte

E quem está nos apoiando?

logo_tutanat     11917794_928373547230925_40372786_a     335846

Compareça e leve toda sua solidariedade, sede e vontade de aprender!
Seremos de todo coração e alma feminina.

Que Malte Pergunte… foi massa ou não foi?

❤ Por Marias Bonitas

16252467_1705285836429599_3804000754775568610_o
#QMTP

Um evento que foi idealizado no Marc et Louis, batizado no Apolo Beer Cafe, aperfeiçoado na Beer Dock, com insumos da Villa do Malte, copos oferecidos pela LevTeck (arrasaram muito <3),  com apoio forte dos sucos Terra Sol, Capitão Taberna e das Cervejarias Patt Lou, Ekaut, Debron, Miraculosa, Estrada, Babylon e Duvália,  não poderia ser menos que SUCESSO!

A gente precisava fazer esse post para agradecer, também, ao apoio de cada um de vocês que fizeram o “Que Malte Pergunte… Tem limão aí?”  acontecer, seja produzindo cerveja,  seja, compartilhando nossos posts, convidando os(as) amigos(as), e até aqueles que compraram nossos ingressos por terem acreditado na nossa proposta.

Quer nos ajudar a melhorar a próxima edição do QMTP? É só preencher esse formulário aqui e nos contar como foi a sua experiência com o evento.

Dez dias após o evento, nós não poderíamos ter ficado mais orgulhosas do que aconteceu! Foi uma festa linda, com gente bacana e com feedbacks maravilhosos. Deu um trabalhão para fazer tudo ficar lindo assim, mas olha só como valeu a pena…

Quem quiser ver se saiu bem na foto, dá uma passadinha na nossa página do Facebook, todas as fotos do evento estão lá. 🙂

O Que Malte Pergunte não era um evento feminino, era um evento para todos! Mas ELAS contribuíram em peso confere aí…

Números

  • 151 pessoas participaram do QMTP no Quintal Alecrim;
  • Foram mais de 25 rótulos distribuídos em 5 chopeiras;
  • 15 mulheres e 7 homens produziram cervejas caseiras;
  • 3 mulheres foram vencedoras no voto popular;
  • 7 microcervejarias pernambucanas colaboraram com cervejas e na infraestrutura do evento;
  • 5 negócios locais contribuíram patrocinando o evento;

 FORNECEDORES

Gostaríamos de agradecer imensamente aos nossos fornecedores, pois uma grande parte do sucesso deste evento, devemos a eles!

Obrigada a LevTeck que nos forneceu todos os pints personalizados, que foram a grande surpresa da festa, acreditamos que todos ficaram muito felizes com seus lindos copos personalizados. Este é um dos detalhes que fizemos questão de proporcionar aos que presenciaram o evento, pois além de lindos servem como lembrança desse dia maravilhoso para todos nós!

48

Ficou lindo, né? Nós adoramos, esse trabalho foi feito com muita perfeição e profissionalismo pela empresa Rótulo, que nos atendeu com muita atenção e simpatia.

Gostaríamos de agradecer também aos nossos parceiros Kwai Burguer (com seus suculentos hambúrguers) e a Confeitaria Mel e Caramelo (que nos trouxe os brigadeiros bêbados para aquela dose de glicose tão necessária).

Cervejeiros Caseiros ❤

Vocês foram incríveis! A qualidade das cervejas estava fora de série!

  • Harmônic@
  • The Queens Beer
  • Braz Beer
  • Dois Mundos
  • ClimaBeer
  • Peba pirata brew co.
  • Brayner
  • Uai Beer
  • Velha Marim
  • Dois Mundos
  • Las Brujas
  • Weissdorn
  • Popular
  • Renata & Saulo
  • La Rica / Froide / oushbier
  • Cavallotti
  • Carranca Cervejaria Artesanal
  • Seis punhos

Patrocinadores

  • Empório Marc et Louis
  • Villa do Malte
  • BeerDock
  • LevTeck
  • Sucos Terra Sol
  • Apolo Beer Cafe
  • Capitão Taberna

Parceiros

  • Cervejaria Patt Lou
  • Cervejaria Debron
  • Cervejaria Miraculosa
  • Cervejaria Ekaut
  • Cervejaria Estrada
  • Cervejaria Babylon
  • Cervejaria Duvália
  • Rótulo – copos personalizados

E podem estar certos que outra edição virá, dessa vez, com uma nova temática. Alguém arrisca um palpite? 😉

Cervejas para harmonizar

❤ Por Gabi Ramos

Cerveja e comida, que combinação mais feliz! Nós estamos vivendo uma fase de transição, onde a cerveja está deixando ser uma bebida sem graça, que você bebe estupidamente gelada e paga barato, para se tornar uma bebida prazerosa, complexa e requintada. Esse movimento já vem ganhando força há um bom tempo, mas aqui na nossa terrinha ainda estamos dando os primeiros passos.

Harmonizar é criar um novo sabor, é equilibrar, descobrir e sentir. E nós fazemos isso o tempo todo! Café com leite, arroz e feijão, macaxeira com carne de sol, Buchecha com Claudinho. A comida nos traz conforto, nos remete a ambientes e momentos que marcaram nossa história, você poder eternizar momentos acompanhados de uma boa cerveja me parece fantástico!

Pensando nisso, resolvi juntar o que a gente tem de melhor e fazer um teste, vai que toda essa história era verdade mesmo…

Era domingo de manhã, acordei a filhota, separei umas cervejas e fomos à praia. Lá vem o moço com a bacia de camarão, massa!  A cerveja já estava escolhida, uma Berliner Weiss, estilo da escola alemã que traz notas ácidas e láticas. O aroma cítrico, com um leve toque lático e salgado, que já nos causa inquietação, com certeza a escolha foi certa. O aroma do camarão fresco cozido apenas com sal se mistura ao da cerveja e ao colocar os dois na boca, uma explosão surpreendente!

A cerveja tem as notas exata que o camarão pede, é o tempero que faltava. Sua acidez substitui a adição do limão, o salgado potencializa as notas de maresia e seu corpo vivaz se mistura à textura macia do camarão.

WhatsApp-Image-20160703 (3)
Berliner Weiss da Cervejaria Perro Libre

A próxima pedida foi um caranguejo novo, com a carne macia e suculenta, sabores adocicados e discretos, perfeito para quem nasceu em uma cidade de mangue e sabe apreciar essa iguaria como ninguém. A cerveja, uma session IPA! De aroma marcante que remete às frutas cítricas amarelas, como maracujá e manga rosa, e um dulçor que agrada ainda mais nossos sentidos.

Na boca ela é leve e cumpre o que promete, seu sabor inicialmente é adocicado, explodindo um amargor cítrico e refrescante logo em seguida. Essas notas se integram no paladar e complementam os sabores do caranguejo.

caranguejo
Venice Beach da Cervejaria Dádiva

Antes de ir embora para casa, o típico caldinho de feijoada vendido nas praias pernambucanas. Sim, um caldo quente à beira mar, embaixo do sol, servido com torresmo e ovo de codorna. Uma preparação pesada que pede uma cerveja complexa! Brincando com as diretrizes de harmonização busquei a semelhança das notas escuras do feijão para que casassem bem com a torra da cerveja, torra essa que é discreta e lembra até um chocolate amargo, com suave toque de café.

Os sabores dos dois juntos formam um perfeito equilíbrio de tostado e defumado, a crocância do torresmo contrasta com a maciez da cerveja gerando um grande conforto no paladar. Após o gole a boca fica limpa, pois a cerveja tem característica frisante que elimina a gordura do caldinho, e a leve nota maltada da cerveja permanece discreta na boca pedindo mais um gole de caldinho

WhatsApp-Image-20160703 (4)
Cupulate Porter da Cervejaria Amazon Beer

Dos lugares mais simples aos mais sofisticados, é possível ter a presença da cerveja. Essa bebida tem uma infinidades de aromas, sabores e texturas que podem ser descobertos e quando bem trabalhados trazem experiências incríveis! Além da mesa, a apreciação correta de uma cerveja nos traz um prazer indescritível!

20160724_115705
Witte Traippist da Cervejaria La Trappe