A cerveja está gelando em homenagem a São João

❤ Por Lucy Cavalcante

festas-juninas

Eita chegou o São João, acende a fogueira do meu coração! Enfim a festa mais esperada do ano (depois do carnaval, é claro!). Seguindo o mesmo lema do samba, a pessoa que não gosta de forró, bom sujeito não é! Aquele rala bucho, aquele friozinho, o calor da fogueira, as comidas…ahhh as comidas típicas, sempre deixam todo mundo babando.
Então nada melhor do que juntar esse amor com outro amor, cervejas! ❤
Quem nunca foi numa festinha de São João e sentiu vontade de ter uma boa cerveja disponível pra acompanhar aquelas comidas maravilhoooosas?!

História

Antes de partirmos para as harmonizações, vamos aprender um pouco mais sobre nossa cultura nordestina/brasileira, saber quem são os protagonistas dessa festa que tanto adoramos. 🙂

Quem danado foi São João?

Na cultura popular brasileira, as festas juninas têm lugar especial, pois, além de valorizarem as tradições locais do país, também revelam muitos elementos históricos, religiosos e mitológicos curiosos, que passam despercebidos. Tais festas, como é sabido, seguem o calendário litúrgico da Igreja Católica, que, no processo de assimilação dos antigos cultos pagãos europeus – na transição da Idade Antiga para a Idade Média –, acabou por substituir os rituais dedicados aos deuses médio-orientais, gregos, romanos e nórdicos por festas dedicadas aos santos.

Havia, na segunda quinzena do mês de junho, quando ocorria o solstício de verão na Europa, o culto a deuses da natureza, das plantações, colheitas etc. Um desses deuses era Adônis, que, segundo o mito grego, foi disputado por Afrodite (deusa do amor) e Perséfone (deusa dos infernos). A disputa foi apaziguada por Zeus, que determinou que Adônis passaria metade do ano com Afrodite, no mundo superior, à luz do Sol, e a outra metade com Perséfone, no mundo inferior, nas trevas.

5e6c00f3a04ff72adc9fce1d119366f4

Essa disputa entre deusas acabou sendo associada aos ciclos naturais da vegetação, que morre no inverno e renasce e vigora na primavera e verão. O culto a Adônis, cujo dia específico era 24 de junho, tinha por objetivo a celebração dessa renovação, da “boa-nova” do renascer da natureza. Essa ideia foi assimilada pelo cristianismo, que substituiu Adônis por São João Batista.

São João Batista, na tradição cristã, anunciou a “boa-nova” (boa notícia) da vinda do Cristo, filho de Deus, salvador da humanidade, que “renovaria todas as coisas”. Foi ele também que batizou Cristo no rio Jordão. Da história de São João, a cultura popular europeia retirou vários símbolos, que passaram a se mesclar com os tradicionais ritos de colheita remanescentes do culto a Adônis. Um dos símbolos mais importantes é a fogueira.

História da fogueira, que você gosta tanto de pular!

A fogueira, característica das festas de São João, tem seu fundamento na história do nascimento de João Batista. A fogueira era um sinal de Santa Isabel, mãe de São João, para Maria, mãe de Jesus. Abaixo segue uma sinopse da história, adaptada pela pesquisadora Lúcia Rangel:

Dizem que Santa Isabel era muito amiga de Nossa Senhora e, por isso, costumavam visitar-se. Uma tarde, Santa Isabel foi à casa de Nossa Senhora e aproveitou para contar-lhe que dentro de algum tempo nasceria seu filho, que se chamaria João Batista.

25909c4a399034dfafc0be85706e5d2b

Nossa Senhora então perguntou:
— Como poderei saber do nascimento dessa criança?
— Vou acender uma fogueira bem grande; assim você poderá vê-la de longe e saberá que João nasceu. Mandarei também erguer um mastro com uma boneca sobre ele.

Santa Isabel cumpriu a promessa. Certo dia Nossa Senhora viu ao longe uma fumaceira e depois umas chamas bem vermelhas. Foi à casa de Isabel e encontrou o menino João Batista, que mais tarde seria um dos santos mais importantes da religião católica.


(“A lenda do surgimento da fogueira de São João”. In: RANGEL, Lúcia H. V. Festas juninas, festas de São João: origens, tradições e história. São Paulo: Publishing Solutions, 2008. p. 35).

Olha o forrózin!

forro-gd

No caso específico do Brasil, a prática do acendimento da fogueira na noite de 23 para 24 de junho foi trazida pelos jesuítas. Tal prática foi com o tempo associada a outras tradições populares, como o forrobodó africano (espécie de dança de arrasta-pé), que daria no forró nordestino, e a quadrilha caipira, que herdou elementos de bailes populares da Europa – palavras como “anarriê”, “alavantú” e “balancê”, por exemplo, são adaptações de termos de bailes populares da França.


Fonte: FERNANDES, Cláudio. “Origem da festa de São João”; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/detalhes-festa-junina/origem-festa-sao-joao.htm. Acesso em 19 de junho de 2019.

Harmonizações juninas

destaque-festa-junina

Como em boa parte do país, onde se comemoram as festas de São João, São Pedro e Santo Antônio, é inverno, as temperaturas mais baixas “pedem” cervejas mais alcoólicas e com mais corpo, que podem ser servidas entre 6 e 8 graus. A temperatura é um fator de extrema importância para o serviço e melhor aproveitamento da experiência cervejeira, acompanhada ou não de comida.

Salgados

  • Milho e Pipoca
    Podendo ser cozido, assado ou “estourado”, o milho combina bem com uma manteiga derretida, fica muito delícia! Pra acompanhar pode ser uma American Pale Ale (APA), Amber Ale ou uma Session India Pale Ale (Session IPA). Essas cervejas tem um teor de amargor considerável, ajudam na limpeza do palato, quebrando as gorduras.

Doces

  • Pamonha, Canjica, Munguzá, Bolo de Fubá, Brigadeiro de milho verde
    Reunindo as comidas de milho , onde prevalecem os doces residuais do milho e das adições de açúcares primários, cervejas mais escuras harmonizam bem, podendo ser: Bitter, California Common, Brown Ale, Baltic Porter, Dry Stout, Stout.
  • Pé de Moleque, Paçoca, Amendoim Doce, Bolo de Amendoim
    Comidas com adição de amendoim combinam bastante com cervejas com notas carameladas, produzindo um terceiro sabor interessante. Vale a pena degustar com: Dubbel, DoppelBock, Dark Strong Ale, Barleywine, imperial Stout.

Enfim, espero que vocês aproveitem bastante das dicas e antes de mais nada, se divirtam, comam, bebam e dancem muito forró!!! ❤

Xeros saracutiantes!

Dia dxs Namoradxs cervejeirxs: dicas de locais para bebemorar esse dia!

❤ Por Julyana Alecrim

Na semana que se comemora o dia dxs namoradxs, a confraria Maria Bonita Beer não iria deixar vocês na mão. Trouxemos sugestões de “rolês” cervejeiros para vocês curtirem “juntos e shallow now” esse dia. ❤

Dica 1: RECIFE ANTIGO

BABYLON STATION

WhatsApp Image 2019-06-10 at 17.39.46WhatsApp Image 2019-06-10 at 17.40.14
Para quem procura uma área mais central, com uma maravilhosa vista do mar, nós sugerimos os armazéns do porto. Lá você encontra uma boa variedade culinária, de quebra, ainda conta com uma vista privilegiada da cidade e depois, você poderá dar uma passada no novo Babylon 
Station, primeiro Burger & Beer do Recife Antigo, com os chopes artesanais da Babylon e cervejarias parceiras.

Babylon Station
Endereço:
Rua Alfândega, 35 Loja 110 do Shopping Paço Alfândega – Recife, PE, 50030-030

Dica 2: ZONA SUL

EKAUT LAB

Para quem mora na Zona Sul da cidade, temos uma dica maravilhosa!!!! O Ekäut Lab está promovendo um menu EXCLUSIVO para o dia dxs namoradxs, uma experiência sensorial inesquecível com cardápio especial harmonizado com as melhores cervejas do tap. O Lab funcionará neste dia, apenas com reservas para atender os “crushs”.
O menu do dia dxs namoradxs contém: 2 entradas, 1 prato principal e 1 sobremesa. Para cada prato o Beersommelier da casa harmonizará uma cerveja especial.
WhatsApp Image 2019-06-10 at 17.39.49Segue o link para compra antecipada do ticket com descontos especiais para mais de um casal.
https://www.sympla.com.br/ekautlab

Ekäut Lab
Endereço: Av. Conselheiro Aguiar, 3572 – Boa Viagem, Recife – PE, 51020-021

ENTRE AMIGOS PRAIA

Outra opção na Zona Sul é o Entre Amigos Praia. Nossa, para quem conseguir pegar o pôr-do-sol no terraço do restaurante, isso já valeu o rolê! Coqueiros a perder de vista, brisa fresquinha e cheiro de maresia, um marzão de água verde e o sol se pondo. É bonito de verdade! Para harmonizar com essa cena linda, nada melhor que a Moqueca de peixe com arroz de coco, farofa de banana da terra com castanha-do-Pará e pirão.
É de comer rezando, e isso acompanhado de uma Witbier é de ajoelhar! Lá eles servemWhatsApp Image 2019-06-10 at 17.39.47 todos os rótulos da cervejaria Debron, que hoje conta com mais de 7 opções, capazes de promover uma harmonização que vai da entrada até a sobremesa. Vale muito a pena conferir!

Entre Amigos Praia
Endereço:
Av. Boa Viagem, 760 – Pina, Recife – PE, 50050-390

Dica 3: ZONA NORTE

CERVEJARIA LABORADA

Para quem quer um ambiente mais descontraído, a Zona Norte tem as melhores opções!
Se você gosta de chopp fresco, nada melhor que beber direto da fonte. A Cervejaria Laborada é o primeiro BrewPub de Recife e conta com 8 torneiras de cervejas artesanais. Um ambiente acolhedor e aconchegante, com boa música e excelente atendimento. Lá são servidos cortes especiais de carnes, que servem bem duas pessoas. Os petiscos, que servem como entradinhas, são muito saborosos e fáceis de harmonizar com as cervejas do tap. Minha sugestão vai para o Shoulder da casa, assado na churrasqueira, mal passado, sempre!

WhatsApp Image 2019-06-10 at 17.39.49É um corte de sabor diferenciado, retirado do miolo da paleta, extraído do dianteiro do animal. Sua textura é tão macia quanto a do filé mignon e seu sabor é bastante acentuado. As características que chamam mais minha atenção, quando o assunto é o Shoulder, é que o corte não possui gordura externa, e sim entre as fibras internas por toda sua extensão, o que conhecemos por gordura de marmoreio ou gordura intramuscular, conferindo ao corte uma suculência e sabor inigualáveis. Ele vem acompanhado de farofa na manteiga e cebola, vinagrete especial e 5 opções de molho, eu gosto da maionese de bacon. Para harmonizar essa potência toda, eu prefiro as cervejas mais robustas, que permitem “limpar” a gordura da boca, por isso mesmo, sugiro a IPA da casa. Outra opção, menos convencional seria com a Stout da Duvália, pois os sabores dos maltes torrados, harmonizam por semelhança com a caramelização da carne na churrasqueira.

Cervejaria Laborada
Endereço: R. do Espinheiro, 533 – Espinheiro, Recife – PE, 52020-020

ESTAÇÃO KEBAB E CAPITÃO TABERNA

Outra opção que vale muito a pena na Zona Norte é visitar as Estação Kebab e o Capitão Taberna no Shopping Parnamirim. As lojas são vizinhas e uma pode complementar a outra. Em um ambiente mais descontraído e uma pegada mais jovem, você pode escolher as delícias da culinária Sírio Libanesa e harmonizar com qualquer um dos quase 150 rótulos que o Capitão Taberna oferece.

 

 

Minha sugestão é o Kebab de barriga de porco (panceta), que acompanha alface, tomate e cebola roxa e 3 opções de molho, eu gosto com a geleia de pimenta. Para acompanhar e deixar essa experiência ainda mais suculenta, vá no Capitão Taberna. Lá você pode escolher entre os quase 150 rótulos que a casa oferece. Prefira cervejas dos tipos Pale Ale e Doppelbock, que possuem um amargor que intensifica o sabor da carne. É sempre bem-vinda com porco cervejas do tipo Brown Ale Dubbel e Rauchbier alemã.

Para esse dia dxs namoradxs, o Capitão Taberna preparou ainda, kites de presentes especiais e caprichados para deixar a experiência ainda mais romântica e cervejeira, vale muito a pena conferir!

 

 

 

Capitão Taberna
Endereço: Shopping Parnamirim, R. João Tude de Melo, 77 – Parnamirim, Recife – PE, 52060-010

O mais importante e que vale a pena, é apostar naquilo que a gente gosta e estar do lado das pessoas que nos fazem bem, quando acompanhado de boa comida e boa cerveja, melhor ainda né?!
Desejamos a todxs, que decidirem passar esse dia ao lado de quem amam, que seja um Feliz dia dxs namoradxs!

14470566_1652275151730668_7193395368131782390_n


Julyana Alecrim - beersommelière

Harmonizações de Natal

Por Lucy Cavalcante ❤

Como já dizia Simone…”Então é natal…” hehehhee
Chegou o natal! A data mais célebre do ano, em que todo mundo quer confraternizar, comer bem, beber bem e pra dar uma forcinha pra o pessoal que quer fazer um natal diferente, vamos dar umas dicas de como harmonizar comidas e cervejas pra sua ceia ficar mais interessante do que tomar sidra, né? 😛

Recife deve ser a cidade com a maior quantidade de sommeliers em linha reta do universo! Então, pra fazer uso disso, convidei algumas confreiras que manjam muito bem do assunto pra dar essas dicas maravigolds!

Julyana Alecrim, beer sommelière pela Doemens Akademie, sócia do Mercado da Breja, arquiteta, dá dicas de como deixar a noite natalina ainda mais especial e inesquecível:
“Vale lembrar também que a harmonização é algo muito pessoal, e que cada um deve primeiro experimentar para saber qual é a melhor cerveja possível, o que sugerimos aqui são diretrizes, o que vale mesmo é tomar uma boa cerveja com os amigos e a família”.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Patrícia Sanches, beer sommelière pela Doemens Akademie, sócia da Cervejaria PattLou, expert no assunto cervejas diferentonas..rs..nos deu a dica de harmonização da Bolo de Rolo (Cervejaria Estrada), com fondue de Queijo do Reino (Campo da Serra), ficamos apenas babando com essa dica, néam?!
Pra quem quer ser mais tradicional, tem a Reino da Alegria (Cervejaria PattLou), com Chester, mais combinadinho impossível. 🙂

 

 

Flávia Marques, beer sommelière pelo Instituto Ceres, cervejeira caseira da Harmonic, nos deu a dica de sobremesa ❤
“Bombom na taça, ótima para servir no final da ceia das festas de final de ano. É um bolo feito com massa orgânica de farinha de castanha do Pará, pó de cacau, açúcar demerara e leite de coco. Na cobertura interna chocolate branco com licor de cupuaçu e na camada inferior chocolate meio amargo e uma mini dose de ginja, um licor português. Pura phynez! Salivando né? Para acompanhar esta sobremesa uma deliciosa, ela indica uma cerveja tipo Porter maturada em barril de umburana da Três Lobos”.

 

 

Renata Garcia, Bacharel em Gastronomia pela UFRPE, Cervejeira artesanal e bartender da Cervejaria Laborada, apenas nos deixou sem palavras com esses drinks lindíssimos, todos eles elaborados com cervejas!
“Estes dois drinks são ideais para aqueles que não esperam meia-noite para iniciar as comemorações. Na beira da praia, da piscina, ou enquanto você prepara a ceia, eles vão dar aquele alívio leve e refrescante para o calorão da nossa Hellcife.
Primeiramente, uma caipirinha de siriguela com cachaça Carvalheira Alambique e finalizada com a Witbier Hoegaarden, que incorpora uma leve acidez e aumenta mais ainda a sua drinkability.
Para aqueles que preferem algo mais sofisticado, temos uma variação do vodka fizz com limão siciliano, framboesas, vodka, muito gelo e Colorado Appia, uma cerveja de trigo com mel, que incorpora cremosidade e dulçor para o drink”.

WhatsApp Image 2018-12-23 at 12.47.24 (1)
Harmonização: “Ambos casam muito bem com pratos leves, como saladas ou a base de peixes ou crustáceos e com petiscos ou frituras, pois a adstringência e acidez limpam o paladar, além de não pesarem no estômago, deixando o espaço livre para a refeição principal”.

“Este próximo drink é uma apoteose natalina tropicaliente. Esqueça as frutas do bosque, o azevinho e vamos tornar esta festa tão norte-americana um pouco mais brasileira. Ao invés de morangos, temos o vermelhinho e acidez de suco de acerolas bem maduras, dry gin , xarope de for de hibisco e com a Strong Golden Ale da Cervejaria Eisenbahn. Esta mistura inusitada é ainda finalizada com uma cremosa espuma de capim santo”.

WhatsApp Image 2018-12-23 at 12.47.24
Harmonização: “Complexo, saboroso e refrescante, harmoniza com praticamente todos os pratos da ceia natalina, desde o peru até o arroz com passas”.

“É pavê ou pacumê?! Este aqui é para beber mesmo! Creme de leite, Bourbon, xarope de rapadura, gelo e nossa pernambucana Imperial Stout da Cervejaria Debron, ideal para deixar para o fim da noite, bebericando enquanto comemos um chocottone, um bolinho de noiva com queijo do reino, ou o tradicional pavê”.

WhatsApp Image 2018-12-23 at 12.47.22

 

Depois de todas essas delícias, só nos resta lhe desejar um ótimo natal!
Que seja cheio de amor, de cumplicidade e de cervejas lindas!!!

Beijos natalinos!!!

Aniversário de 3 anos da Maria Bonita Beer

Por Marias Bonitas

Olá cervejeiras(os)!

RETROSPECTIVA

É tão feliz poder escrever esse post. Olha quão longe chegamos. Só de lembrar do comecinho da confraria (que só tinham duas pessoas), os olhos chegam a lacrimejar. Hoje somos muitas e já fizemos tantas coisas, tantos projetos, eventos, mudamos vidas, inclusive as nossas.

Eram só duas…
Fomos somando…
Conquistando…

Fazendo história…

Movimentando…
Nos capacitando…
Quebrando fronteiras geográficas…
Somando ainda mais…
Multiplicando…
Mostrando que #JuntasSomosMaisFortes
E mostrando que a gente é Ph@&%a em tudo que nos propomos a fazer!

A Confraria Maria Bonita Beer nasceu da necessidade da troca de experiências, do apoio mútuo, do brindar de taças; e o seu surgimento foi motivado pelo sonho de ver o mercado cervejeiro dominado pelas verdadeiras criadoras desse líquido sagrado. Decidimos então criar um espaço onde poderíamos unir nossas forças e crescer juntas, buscando cada vez mais mulheres que compartilhem do mesmo ideal do nosso grupo.

É muito gratificante olhar para trás e ver quantas coisas construímos ao longo dessa caminhada. Quantas amizades inesperadas, quantos sorrisos sinceros, quantas cervejas maravilhosas… sem falar nos eventos, noites de conversa no WhatsApp, ensinamentos e conselhos.

O carinho e dedicação de cada uma de vocês nos motiva e enche nossos corações de alegria, hoje, temos certeza que estamos indo na direção certa com as pessoas certas, que somos a confraria cervejeira mais arretada que já existiu!

Um muuuuuito obrigada a todos que compartilham nossas publicações, participam dos nossos eventos, nos ajudam em momentos complicados, sugerem parcerias e viram parceiros, enfim… a todos que colaboram com esse movimento que fazemos com tanto carinho! ❤

2018 será um ano intenso e produtivo por aqui, então segue a gente nas redes sociais e se inscreve no feed do blog para receber todas as notícias.

CONVITE

Então, para comemorar esse feito, queremos convidá-las a comemorar conosco na Cervejaria Laborada, dia 23/02, às 19h. O tema é tropical, então, venha colorida e cheia de vida como a nossa confraria!

Te esperamos lá com um abraço quentinho e cerveja gelada! Viva a MARIA BONITAAAA!!!!

Beijos lupulados!

4 lugares para sua confraternização cervejeira

❤ Por Clarice Concê

O fim do ano chegou e com ele as inevitáveis confraternizações, com amigos, colegas de trabalho ou mesmo família, a ordem do mês é reunir as pessoas queridas. Seja para celebrar os frutos colhidos ao longo dos últimos doze meses, seja para agradecer ter sobrevivido a eles, a verdade é que um brinde cai muito bem. E nada como brindar com uma bela cerveja artesanal, em algum dos melhores bares da cidade.

Cervejaria Laborada

Um dos novos points da Zona Norte, a Laborada é um brew descontraído, para você tomar uma cerveja do ladinho de onde ela é feita. Além das 8 torneiras de chope da casa e de cervejarias convidadas, a Laborada traz uma pequena carta de cervejas. Além disso, o cardápio de pratos é enxuto e delicioso.

Rua do Espinheiro, 533 – Espinheiro
(81)33142627


Apolo Beer Cafe

No coração da cidade, referência de cerveja artesanal, a casa é uma boa pedida para aquele encontrinho na hora do almoço ou um happy hour logo após o trabalho. O Apolo está com um menu especial de fim de ano que vai harmonizar direitinho com as melhores cervejas da cidade.

Rua do Apolo, 164 – Recife Antigo
(81) 3088-8091

 Beerdock

Com duas unidades, uma na Madalena e outra em Boa Viagem, o Beerdock traz uma seleção incrível de chopes e cervejas para satisfazer os paladares mais exigentes. O ambiente é climatizado e em alguns dias da semana rola música ao vivo.

Rua Desembargador Luís Salazar, 98 – Madalena
(81) 3236-2423

Rua Maria Carolina, 273 – Boa Viagem
(81) 3204-4866

Capitão Taberna

Um clássico da cidade, o querido CT é super aconchegante e a galera faz todo mundo se sentir em casa. Pense num lugar bacana para beber e conversar sobre cerveja! Além de ser uma boa opção para confraternizações, é um bom lugar para comprar um presentinho especial para aquela sua amiga cervejeira.

Rua João Tude de Melo, 77 lj 27 – Parnamirim
(81)32048668

Espero que gostem das sugestões.
Se forem beber, nos chamem!

Bjs lupulados natalinos.

 

 

 

Dia da Mulher Cervejeira

❤ Por Lucy Cavalcante

Arte_facebook_8marco

Hoje é o Dia Internacional da Mulher!!!
E, sim! Um dia a ser muito comemorado!

Um pouco sobre a história dessa data…

“As histórias que remetem à criação do Dia Internacional da Mulher alimentam o imaginário de que a data teria surgido a partir de um incêndio em uma fábrica têxtil de Nova York em 1911, quando cerca de 130 operárias morreram carbonizadas. Sem dúvida, o incidente ocorrido em 25 de março daquele ano marcou a trajetória das lutas feministas ao longo do século 20, mas os eventos que levaram à criação da data são bem anteriores a este acontecimento”. Para saber mais clique aqui e leia o artigo na íntegra.

A história da mulher no mundo da cerveja…

“Ao longo de milênios e em diferentes culturas, as mulheres são as responsáveis pelo feitio cervejeiro. É possível encontrar referências às mulheres em antigas receitas, mitos e até mesmo em orações – dado que ainda era desconhecido que o processo de fermentação dá origem ao álcool devido à ação de microorganismos, eram atribuídos poderes mágicos às mulheres e até mesmo status de divindade (como a deusa suméria Ninkasi ou a deusa romana Ceres, por exemplo)”. Clique aqui para ler o artigo na íntegra.

Falando em coisa boa…

Como todo mundo bem sabe, nada melhor do que comemorar esta data mais que especial tomando uma boa cerveja.
Por falar em cerveja… a nossa Ancestral Beer, que foi brassada no domingo (dia 05/03), no Marc et Louis, em homenagem ao dia da mulher, contando com a colaboração de muitas mulheres, amigas(os), patrocinadores e apoiadores engajados no movimento cervejeiro recifense e no Brasil todo, será vendida para arrecadar donativos para a Pink Boots Society (PBS).

Home

A PBS  nasceu em 2007 com objetivo de empoderar as mulheres que trabalham no ramo cervejeiro através da educação. A organização internacional consegue bolsas de estudos e diversas vantagens para as participantes, tudo isso de forma gratuita! A ideia é que os bolsistas retribuam a conquista oferecendo palestras, cursos, artigos e outras formas de disseminar o conhecimento às demais associadas. No site também é possível fazer doações e ser voluntária da causa.
Com todo esse movimento lindo sendo disseminado pelo mundo afora, claro que tivemos que nos juntar e “engrossar” esse coro!

Então vamos juntas(os) nessa missão cheia de significado, além de comemorar esta data importante para fomentar ainda mais a importância da mulher no meio cervejeiro.Fiquem de olho aqui no blog, que em breve iremos divulgar os detalhes da venda da Ancestral Beer, elaborada e feita por mulheres.

Guia completo e definitivo de carnaval com muita cerveja artesanal!

Por Marias Bonitas

arte_mbb_carnaval

Então pessoal, chegou a época mais festeira do ano, o CarnaVRAU!!! \o/
Já prepararam os seus corpos e copos? Já sabem onde vão aproveitar do melhor carnaval do mundo, quiçá de todas as galáxias? Ainda não?! Mas que isso, jooovens?!
Se programe e não perca as prévias e os blocos cervejeiros! Se liga na listinha que preparamos pra vocês:

Bloco Carnavalesco Cerveja na Panela

cervejanapanela

Bloco é organizado pela ACervA-PE e já está em seu terceiro ano (ou 3ª brassagem, como eles curtem chamar).  Quem participar do bloco receberá uma camisa e uma caneca do evento, além disso, poderá usufruir de  800 litros de chope artesanal pernambucano, orquestra, e ótimas companhias.   As cervejarias Duvália, Debron, Patt Lou, Babylon, Capunga, Ekaut e Miraculosa já confirmaram presença no paredão. Mais informações e compra de ingressos, clique aquiParticipamos todos os anos e é sucesso demais! 😉

 Capitão Taberna – Prévia com Open Bar

carvanal_ct

O Capitão Taberna preparou uma prévia daquelas pra vocês!
Muito rock, Jazz, blues em ritmo de frevo! Isso mesmo, coloca teu bloco na rua e vem curtir essa proposta arretada pra quem gosta de um som diferenciado.
Quem vai comandar essa mistura massa é o Clériston Andrade. Seguem as informações do evento:

  • Open Bar
  • Dia: 23/02
  • Horário: 19h às 22h
  • Couvert (por pessoa): R$ 10,00 (quem estiver participando do Open Bar, o couvert já estará incluso).

Mais informações pelo telefone: (81) 3204-8668 

Apolo Beer Station

12547104_1127904587243196_2108724869_n

O Apolo Beer Cafe abrirá no Carnaval o/ e para a alegria de Momo, o cardápio será especial e contará com chopes pernambucanos. A partir da sexta (24/02), já podem chegar por lá pra começar o carnaval com o pé direito! O Apolo Beer Cafe fica na R. do Apólo, 164, Recife. | Mais informações: @apolobeercafe

Camarote Terraço 46

terraco46

Para fazer a alegria da galera  que curte Olinda, o app Beba Local em parceria com o Caveirão da Breja, levarão a cerveja artesanal pernambucana ao Terraço 46,  um casarão histórico em Olinda (com vista para os blocos) com chope das 9 cervejarias artesanais de Pernambuco (eu disse das 9 cervejarias 😮 )!  Durante os 4 dias de carnaval você poderá encontrar chopes a partir de R$5, além de banheiros limpos <3,  trucks de comidas, petiscos, doces e gelados. Mais informações e compra de ingressos, clique aqui.

Troça Carnavalesca Anárquica Lupulírica Virados num Mói de Lúpulo

foto_capa

Com patrocínio da Ekaut, Babylon, Cervejaria Goddness e Mascate (loja de insumos) e apoio da Confraria Feminina de Cervejas Maria Bonita Beer, o bloco Virados num mói de lúpulo acontecerá no dia 25/02 com concentração às 13h e saída às 14h em direção aos pontos de cerveja artesanal de Olinda. A camisa custa 30,00 e o folião(ã) ganhará 1 chopp na saída +  1 chopp no Beba Local/Terraço 46.

Troça Carnavalesca Anárquica Lupulírica Virados num Mói de Lúpulo
Orquestra Carnavalesca Edmar Lopes
Saída: 25 de fevereiro – sábado de carnaval
Concentração: à partir 12:00h
Saída: 13h
Local: Rua Saldanha Marinho, 196 – Largo do Amparo/Olinda (rua ao lado da Igreja do Amparo).
Camisa: R$ 30,00
A compra da camisa dá direito a 1 chopp na saída + 1 chopp no Beba Local/Terraço 46
Percurso alternativo, recolhendo no Terraço 46 (Praça de São Pedro).
Vendas de camisas: à partir de 21/02.
Locais de vendas: Empório 97 – Rua do Sol, 97 – Carmo/Olinda, ao lado do Hotel e Pousada São Francisco. F: (81) 98834-2900

Growler Station – Toca da EKAUT

unnamed

Outra novidade neste carnaval é a Toca da Ekäut. Trata-se de uma Growler Station onde todos os estilos da Cervejaria Ekaut vão estar disponíveis em uma garrafa pet retornáveis de 1Litro, refrigerados a 0º C (pq nesse calor é fácil fácil chegar na temperatura de serviço ;)).
Haverá venda de canecas de 300ml e garrafas Pet de 1 L. As Pets serão enchidas na contra-pressão com sistema Pegas Evolution para garantir a qualidade dos chopes.

  • Período: 25/02 a 28/02
  • Local: Ladeira da Sé, nº 25
  • Chopes disponíveis: Munich Helles, Czech Pilsener, APA 1817, IPA, Witbier

E você vai em todos, assim como a gente? A gente se vê por lá, então!
Beijos lupulados!

Bora frevar: Troça Carnavalesca Anárquica Cultural Lupulírica

Por Marias Bonitas

Olá cervejeiras(os), animados para o carnaval?

11111
Oh Lindaaaaaa! Quero Cantaaaar (e beber)!

Pernambuco vem presenciando uma revolução na cena cervejeira. E como não poderia ser diferente, também já temos o nosso BLOCO CERVEJEIRO CARNAVALESCO P-R-E-F-E-R-I-D-O!

whatsapp-image-2017-02-20-at-11-38-25
Tudo pronto para o grande dia!

A Troça Carnavalesca Anárquica Cultural Lupulírica “Virados num mói de lúpulo” já está em seu segundo ano. Ano passado foi sucesso demais. Imagina: acordar cedo, ir para Olinda e já começar a se abastecer de cerveja artesanal fresquinha da Velha Marim, Ekaut e Babylon!!!! ❤

whatsapp-image-2017-02-19-at-18-47-06

Mas esse ano, temos novidades, com o apoio da Confraria Maria Bonita Beer e patrocínio do Camarote Beba Local, das Cervejarias Babylon e Ekaut e Cervejaria Artesanal Goddess. O Bloco Virados num mói de lúpulo  na compra da camisa,  oferecerá 1 chopp na saída +  1 chopp no Beba Local/Terraço 46.

Como já é de costume, o Bloco contará com a presença das confreiras da Maria Bonita Beer e com personalidades da cena cervejeira, inclusive das cervejarias pernambucanas. Se você quer se integrar com essa galera, o momento é esse. Vamos beber cerveja artesanal em Olinda!!!!!

Onde comprar a camisa?

As camisas vão começar a serem vendidas a partir de amanhã (21/02/2017) nos locais abaixo:

  • Empório 97 – Rua do Sol, 97 – Carmo/Olinda, ao lado do Hotel e Pousada São Francisco. Fone: (81) 98834-2900
  • Capitão Taberna – Condomínio do Shopping Center Parnamirim – R. João Tude de Melo, 77 – Parnamirim, Recife – PE, 52060-010 Fone: (81) 3204-8668

Troça Carnavalesca Anárquica Cultural Lupulírica – Virados num Mói de Lúpulo

  • Atrações: Orquestra Carnavalesca Edmar Lopes e Cervejas Artesanais
  • Saída: 25 de fevereiro (Sábado de carnaval)
  • Concentração: à partir 12:00h
  • Saída: à partir 13:00h
  • Local: Rua Saldanha Marinho, 196 – Largo do Amparo/Olinda (rua ao lado da Igreja do Amparo).
  • Camisa: R$ 30,00 – a compra da camisa dá direito a 1 chopp na saída +1 chopp no Beba Local/Terraço 46
  • Trajeto: Percurso alternativo, recolhendo no Terraço 46 (Praça de São Pedro).

realização

logo-jpeg

PATROCINADORES

mascate

logologo-1

unnamed

Apoio

12768376_1568693106755540_1164913222122989670_o

 unnamed-crop_677x250_570-resize_1440x532    ohlindacervejeira    

logo-emporio

 

NOVEMBRO AZUL – SE CUIDE!

Por Marias Bonitas ❤

A campanha do Novembro Azul está em vigor e nós da Confraria Maria Bonita apoiamos muito esta causa. Afinal, cervejeiro de respeito se cuida! ;D

VENÇA O PRECONCEITO! PREVINA-SE!

novembro_azul

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens no Brasil. Fica atrás apenas de um dos tipos de câncer de pele. Para 2016, o Inca (Instituto Nacional de Câncer) estimou que seriam diagnosticados 61 mil novos casos. O mês de novembro é conhecido como o de conscientização sobre a doença, por isso é chamado de Novembro Azul.

O fato do câncer de próstata ser o mais comum já deveria preocupar qualquer homem, mas o problema é que o exame para detectar a doença esbarra no preconceito. Ainda assim, a resistência tem diminuído.

No Recife tem vários postos de saúde com o atendimento voltado com prioridade aos homens. Procure um distrito sanitário mais próximo de sua casa.
Acesse o site da Prefeitura do Recife e informe-se sobre os distritos sanitários mais próximos da sua casa. 😉

http://www2.recife.pe.gov.br/noticias/01/11/2016/pcr-convoca-homens-para-participar-do-novembro-azul

Beijos lupulados e muita saúde!!!

Stout Day – 03 Nov

❤ Por Marias Bonitas!

Olá cervejeiras(os)!

Hoje é um dia bem especial pra o universo cervejeiro, hoje é dia de falar, estudar e bebemorar a Stout!!! 😀

Senta que lá vem a história da Stout

“A Stout é um estilo derivado das Porters, ambas de origem irlandesa. As Porters eram muito comuns nas cidades costeiras, com portos. Os “porters” eram os carregadores dos portos. Eles precisavam de cervejas fortes, pesadas, pra poder aguentar a lida. Aí foi criado o estilo Porter. A Stout é filha da Porter, derivada dela. Como muitos dos trabalhadores não gostavam de cervejas adocicadas (característica das Porters, que tem aquele toque de chocolate, às vezes até de avelã) eles buscaram um aroma de café, usando um malte bastante torrado para que a cerveja ficasse menos doce. Assim que surgiu a Stout”. (Leopoldo Bitencourt).

vamos estudar…

Se você fizer uma busca no BJCP 2015, encontrará pelo menos 8 estilos de stout. São elas:

  • 15B. Irish Stout
  • 15C. Irish Extra Stout
  • 16A. Sweet Stout
  • 16B. Oatmeal Stout
  • 16C. Tropical Stout
  • 16D. Foreign Extra Stout
  • 20B. American Stout
  • 20C. Imperial Stout

Mas hoje vamos falar do estilo Irish Stout. Este estilo, de fato, divide a maioria dos cervejeiros que nós já conversamos, em: AMO ou ODEIO!

A Irish Stout tem como representante mais famosa, negra e opaca Guinness (1759), que é uma cerveja tipicamente irlandesa que ainda hoje é produzida com os mesmos insumos: água da cidade de Dublin, malte irlandês, lúpulo e levedura.

O estilo tem como características principais ser de coloração preta com um sabor tostado pronunciado, muitas vezes semelhantes aos de café, pode ter notas secundárias de chocolate escuro, cacau e/ou cereal torrado. Quase nenhum ésteres e aroma de lúpulo (porém são aceitos aromas pouco terrosos ou florais).

Ao contrário das versões em garrafa, as versões em barril/lata geralmente são bastante cremosas devido ao nitrogênio.

Existem diferenças regionais na Irlanda:

  • Stout de Dublin: usa cevada torrada, são mais amargas e são mais secas.
  • Stout de Cork: é mais doce, menos amarga, e tem sabores de chocolate e de maltes especiais, são talvez as mais próximas do estilo histórico de stout de Londres, por ter uma composição com moagem variada, mas que não é dominada por cevada tostada.

A Guinness é feita utilizando cevada tostada, flocos de cevada e malte Pale. Mas, de acordo com o BJCP (2015), caso você queira reproduzir o estilo, você pode fazer uso do malte chocolate e outros maltes escuros e especiais.  mas é importante saber que “seja qual for a combinação de maltes ou grãos utilizados, o produto resultante deve ser preto”.

dicas da gabi ramos, nossa sommeliÈrE:

Para não passar esse dia “em branco” (desculpem o trocadilho rs), seguem algumas sugestões para o dia de hoje:

  • Mark the shadow – Estilo: oatmeal stout –  Cervejaria: Bastards
  • Pérola negra – Estilo: RIS – Cervejaria: Bastards
  • Saint Bier stout – Estilo: Stout – Cervejaria: Saint Bier
  • Cat in the box – Estilo: RIS –  Cervejaria: Urbana
  • Stout mel de engenho – Estilo: Stout – Cervejaria Duvália

 Então vai lá buscar a tua melhor Stout e comemora este dia! \o/

Beijos lupulados! 😉

Fontes: