4 lugares para sua confraternização cervejeira

❤ Por Clarice Concê

O fim do ano chegou e com ele as inevitáveis confraternizações, com amigos, colegas de trabalho ou mesmo família, a ordem do mês é reunir as pessoas queridas. Seja para celebrar os frutos colhidos ao longo dos últimos doze meses, seja para agradecer ter sobrevivido a eles, a verdade é que um brinde cai muito bem. E nada como brindar com uma bela cerveja artesanal, em algum dos melhores bares da cidade.

Cervejaria Laborada

Um dos novos points da Zona Norte, a Laborada é um brew descontraído, para você tomar uma cerveja do ladinho de onde ela é feita. Além das 8 torneiras de chope da casa e de cervejarias convidadas, a Laborada traz uma pequena carta de cervejas. Além disso, o cardápio de pratos é enxuto e delicioso.

Rua do Espinheiro, 533 – Espinheiro
(81)33142627


Apolo Beer Cafe

No coração da cidade, referência de cerveja artesanal, a casa é uma boa pedida para aquele encontrinho na hora do almoço ou um happy hour logo após o trabalho. O Apolo está com um menu especial de fim de ano que vai harmonizar direitinho com as melhores cervejas da cidade.

Rua do Apolo, 164 – Recife Antigo
(81) 3088-8091

 Beerdock

Com duas unidades, uma na Madalena e outra em Boa Viagem, o Beerdock traz uma seleção incrível de chopes e cervejas para satisfazer os paladares mais exigentes. O ambiente é climatizado e em alguns dias da semana rola música ao vivo.

Rua Desembargador Luís Salazar, 98 – Madalena
(81) 3236-2423

Rua Maria Carolina, 273 – Boa Viagem
(81) 3204-4866

Capitão Taberna

Um clássico da cidade, o querido CT é super aconchegante e a galera faz todo mundo se sentir em casa. Pense num lugar bacana para beber e conversar sobre cerveja! Além de ser uma boa opção para confraternizações, é um bom lugar para comprar um presentinho especial para aquela sua amiga cervejeira.

Rua João Tude de Melo, 77 lj 27 – Parnamirim
(81)32048668

Espero que gostem das sugestões.
Se forem beber, nos chamem!

Bjs lupulados natalinos.

 

 

 

Podcast Cervejaterapia e outros

❤ Por Marias Bonitas

Olá Cervejeiras!

Vocês costumam consumir podcasts?

O podcast é uma mídia que vem crescendo bastante nos últimos tempos. Para quem não conhece, funciona mais ou menos como um programa de rádio, mas existem diferenças enormes do ponto de vista de distribuição, conteúdo, flexibilidade de seus locutores, entre outras coisas.

Você pode escutar o seu podcast preferido através do smartphones, tablets ou desktops. No caso dos dois primeiros, você escutar ao dirigir, lavar louça ou até mesmo fazer exercícios físicos (minhas opções favoritas para passar o tempo).

Como aqui o assunto é cerveja, não poderíamos deixar de falar do Cervejaterapia, que é um podcast voltado para o cervejeiro(a) caseiro(a). Luiz Picelli e Thiago Golin falam de forma descontraída sobre processos, dificuldades e os prazeres de fazer cerveja em casa. E ainda são da terrinha (Recife-PE).

11403047_822908127777825_4458379333068104957_n

Vale muito a pena das uma escutadinha, eles sempre trazem convidados para ajudar a debater a pauta do dia. Eles estão no 11º episódio e já falaram sobre todos os insumos, equipamentos necessários, processos e agora estão na etapa de falar sobre receitas.

De vez em quando a nossa confreira e Sommelier Gabi Ramos faz umas participações dando alguns pitacos e a Patt elabora a pauta de todos os programas.

Existem outros podcasts cervejeiros com outros focos na cerveja. Segue alguns deles:

  • BeerCast: Excelente! O mais famoso de todos. Fala de cervejas em geral com ênfase calorosa nas artesanais (nacionais ou importadas), na grande parte dos episódios contam com convidados.
  • Cerveja como são as coisas: super atualizado,  o Podcast do cerveja como são as coisas, fala da cultura cervejeira e de assuntos relacionados à cerveja.
  • Uzmeninos: Tinham como missão evangelizar as pessoas falando sobre as cervejas artesanais. Ao que parece pararam de produzir, mas o conteúdo deles continua disponível na internet.

E ai? Já escutam algum? Tem outros para citar? Quem quiser link direto sempre que passar por aqui, na lateral direita do nosso blog tem um selinho do Cervejaterapia!  Quer saber quando lançam novos episódios? Curta as redes sociais:

  • Facebook: /podcastcervejaterapia
  • Twitter: @podcast_ct
  • Periscope: @podcast_ct

Beijos carbonatados e até a próxima!

4 cervejas para substituir os espumantes nas comemorações de ano novo

Por Marias Bonitas ❤

Olá cervejeiras,

Hoje trazemos para vocês algumas sugestões de cervejas para degustar nas comemorações de Ano Novo. Por que brindar com espumantes, se temos cervejas não é mesmo?! E as cervejas borbulhantes (bolhas estas, conferidas pelo método champenoise) são uma excelente alternativa para as festas de fim de ano.

Vocês conhecem as cervejas produzidas pelo método “Champenoise”?

Os-Boêmios-Champenoise-Lust-Prestige
Foto: divulgação.

Sim, os cervejeiros são seres criativos e apesar do processo de Champenoise ser bastante antigo (início do século XVII), o uso desse processo em cervejas (para acrescentar algumas características de espumante à cerveja) ainda é muito recente.

Mas, resumidamente,  como funciona esse processo?

1) Etapa Cuvèe: a cerveja é fermentada (utilizando leveduras especiais) tradicionalmente e deve ser submetida a uma segunda fermentação na garrafa;

2) Etapa Remuage: durante seu período de maturação, as cervejas precisam estar inclinadas para baixo e devem ser giradas periodicamente para levar a levedura até o gargalo (foto abaixo);

15
Etapa: Etapa Remuage | Foto: Site Priscila Barros

*a cerveja deve ficar em repouso por alguns meses (normalmente em caves, como os espumantes) para aumentar a carbonatação.

3) Etapa Dégorgement: as leveduras que foram utilizadas para a fermentação devem ser removidas da garrafa (foto abaixo).

método-Champagnoise-foto-Alexandre-Marcussi

A cerveja mais famosa, que utiliza o método champenoise para conferir as bolhas (típicas de espumantes) nas cervejas, é a cerveja DeuS, da cervejaria belga Bosteels.

deus

Deus: ela tem origem belga e realiza o repouso nas caves francesas da cidade de Reims (Região de Champagne), sua produção é limitada a 15 mil garrafas por ano.
Para saber mais, clique aqui.

Outros rótulos que podem ser encontrados e que utilizam o mesmo método:

cervas
Fotos: Divulgação.

Lust: a Eisenbahn Lust é a primeira cerveja produzida no Brasil pelo método champenoise. Para saber mais, clique aqui.

Wälls Brut: é uma cerveja nacional de altíssima qualidade e que passa nove meses em maturação na cave da cervejaria Wälls com temperatura e umidade controladas. Ela possui 12% de álcool.
Para saber mais, clique aqui.

Malheur: com aromas de mel ,caramelo, banana, tutti-frutti, abacaxi e teor alcoólico de 12% essa Belga pode ser a escolha perfeita para sua mesa de ano novo.
Para saber mais, clique aqui.

E assim encerramos o último post de 2015. Ano que vem a Confraria faz 1 aninho de existência na blogosfera. Será que vem festa por ai?

Continuem acompanhando as redes sociais da confraria para saber antes de todo mundo das novidades e por onde estamos.

Que 2016 seja um ano de ótimas cervejas e excelentes companhias! Um abraço super lupulado em todas vocês. E que possamos, juntas, movimentar esse cenário cervejeiro ano que vem!

Beijos carbonatados!

5 presentes cervejeiros (que não são cerveja) para o Natal

❤ Por Marias Bonitas

Olá cervejeiras!

Hoje a gente traz uma dica para você não ficar na dúvida sobre que presente dar para aquela(o) amiga(o) cervejeira(o) neste Natal. A lista seria infinita se eu começasse a listar todas as boas cervejas que poderíamos presentear alguém o que já seria um convite implícito para beber junto, então resolvemos fazer uma lista diferente.  E todos os produtos aqui listados podem ser encontrados em Recife (o/) ou solicitados pela Internet.  Então se liga aí que ainda dá tempo!

camisetas
Foto: Divulgação.

Toda(o) boa(om) cervejeira(o) tem pelo menos uma camisa com estampas cervejeiras. Mas elas nuca são demais. Quanto mais criativas/engraçadas melhor! Outra opção é comprar uma camisa da cervejaria preferida da(o) sua(eu) amiga(o).

sabonete_1
Foto: Divulgação.

Eles são super aromáticos e preparados artesanalmente com a sua cerveja preferida! Precisa falar mais?

brewce
Foto: Divulgação.

A gente já falou sobre o Brewce Hophead no nosso instagram (segue lá @mariabonitabeer) e agora temos um Brewce só nosso (valeu Mestre-cervejeiro Boa Viagem) para nos acompanhar nas nossas fotos do IG e no Untappd .

Criado pelo Beertone, ao comprar o Brewce você levará também uma cartela de adesivo para personalizá-lo do jeito que quiser e um imã que remove a tampinha padrão que ele tem na barriguinha, assim você estará livre para colocar a tampinha daquela cerveja que você está bebendo. E tcharan! O Brewce está prontinho para aquele clique com os filtros Lo-Fi ou o black and white que a gente tanto gosta!

diário cervejeiro
Foto: Divulgação.

Apesar de o Untappd fazer muito bem a sua função, tem gente, tipo eu, que ainda gosta de escrever em papel e guardar consigo memórias e juntar tranqueira.  É tão legal sair anotando e depois de um tempão descobrir que aquela cerveja que você não gostou há três anos atrás, agora é a sua queridinha (mas infelizmente o inverso também é verdadeiro) =/

growler
Foto: Divulgação.

Mas que danado é Growler? Calma, eu te explico. Growler é aquele utensílio cervejeiro que quanto mais você tem, mais você quer. Porque sempre lança um modelo mais bonito, com uma estampa mais legal ou um volume que você precisa ter. O Growler serve para você carregar aquela cerveja massa, ganhar desconto e levar para casa (2L ou 5L) da sua cerveja preferida!

Que vocês aproveitem bem muito o Natal com essas dicas e bebam muita cerveja, mas sempre com responsabilidade (que não custa nada lembrar né?).

Beijos Carbonatados!