Ir para conteúdo

Porque a maioria das garrafas de cerveja são da cor âmbar?

Por Patrícia Sanches

Para muita gente envolvida na área de cervejas artesanais, parece uma pergunta meio óbvia de se responder, mas muitos consumidores ainda desconhecem o que implica nas diferentes cores das garrafas de cerveja. A estética importa nessas horas? Sim, um pouco, mas todo o resto é pura ciência e tecnologia.

Fonte: Zeta Embalagens

Ao longo da história da cerveja, temos registro do armazenamento das cervejas em jarros de barro e o serviço dessas “bebidas oriundas da  fermentação de grãos” eram feitos com canudos para que não se extraísse o precipitado da bebida, que estima-se ter sabor adstringente.

Fonte: Blog Egiptologia
Fonte: Bebida e bebidas

Porém, como contribuição dos romanos, temos o desenvolvimento da técnica de soprar vidro e consequentemente, as garrafas. Isso trouxe uma preocupação estética em relação ao líquido, que não tínhamos antes. Isso explica todo o nosso encantamento ao nos depararmos com as cervejas super filtradas, cristalinas, translúcidas.

O que é o vidro?  

O vidro é um óxido metálico super esfriado transparente, de elevada dureza, essencialmente inerte e biologicamente inativo, que pode ser fabricado com superfícies muito lisas e impermeáveis (Fonte: Zeta Embalagens).

Mas o vidro utilizado antigamente não comportava as pressões de CO2 do nosso líquido sagrado, então muita tecnologia está envolvida em uma simples garrafinha. Acompanhe o vídeo abaixo e veja como é feita a fabricação do vidro:

Segundo a O-I, as etapas de fabricação de uma garrafa são as seguintes:

ETAPA 1: A RECEITA
Na receita do vidro é utilizado: areia, calcário, carbonato de sódio e vidro reciclado. Em seguida, os ingredientes combinados são enviados ao forno para derreter.

ETAPA 2: FUSÃO
No forno eles aquece a mistura a cerca de 1.565 graus Celsius ou 2.850 graus Fahrenheit, criando vidro fundido.

ETAPA 3: A “GOTA”
O vidro fundido é removido do forno, esfriado a uma temperatura uniforme e cortado em “gotas” para formar os recipientes de vidro.

ETAPA 4: MOLDAGEM
As gotas são desviadas para máquinas de moldagem e, em seguida, moldadas para formarem os belos e funcionais recipientes de vidro.

ETAPA 5: ACONDICIONAMENTO
Os recipientes formados passam por uma máquina que os reaquece e esfria gradativamente para aliviar as tensões e fortalecer o vidro.

ETAPA 6: INSPEÇÃO
Por fim, os recipientes de vidro são inspecionados para assegurar que eles atendam aos padrões de alta qualidade. Aqueles recipientes que não atendem a esses padrões, são reciclados e fundidos novamente.

MAS E AS CORES?

Por meio de observação, as pessoas começaram a relatar que a cerveja exposta ao sol sofria alteração de sabor, aroma e cor e começaram a investigar.

Os cientistas descobriram que (dentre outros fatores) a luz do sol, interage com o lúpulo degradando-o, e consequentemente, geram off flavors (sabores e aromas desagradáveis).

Em condições normais, as isohumulonas são estáveis, porém há interações químicas (causadas pela riboflavina e pela luz) que fazem com que elas possam reagir com aminoácidos da cerveja, que consequentemente tem enxofre em sua composição. O produto disso são odores bem desagradáveis.  Em resumo: a luz fornece a energia para alterar as isohumulones, e a riboflavina catalisa a reação produzindo turbidez.

Então começaram a cobrir as garrafas de cerveja para protegê-las da bendita luz, assim como os óculos de sol, sacou? Logo, descobriu-se que se utilizassem garrafas mais escuras,  as cervejas poderiam se manter por mais tempo com as características originais.

Mas então, porque o mercado insiste em usar garrafas verde, por exemplo?

Fonte: O-I

Desenvolvimento de tecnologia e mercado, meu caro! Acompanha o raciocínio:

Como “descobriu-se que a cor escura protegia mais a cerveja, a demanda de vidro âmbar aumentou bastante. Então, quem tinha mais dinheiro investiu em pesquisas para que mesmo com uma garrafa transparente ou clara, as cervejas se mantivessem a qualidade. Daí, espalhou-se o boato mercadológico de que as cervejas que usavam vidros claros eram de qualidade superior, e as garrafas verdes, que se diferenciavam nas prateleiras viraram símbolo de status.

Hoje, em virtude da tecnologia de bebidas e das indústrias de vidro, este status não faz mais sentido, e a única justificativa para o uso de garrafas verdes ou transparentes é estético. Porém, ao utlizar essas garrafas, outros cuidados com o produto interno são necessários, mas isto é assunto para outro post.

Apesar de tudo isso, as garrafas âmbar ainda são as queridinhas dos cervejeiros, seja por tradição ou por proteção; e a Zeta Embalagens, nossa parceira no “Que Malte Pergunte… tem cerveja gringa aí?” lista 3 modelos mais comuns em relação a preferência dos cervejeiros artesanais. São elas:

Sobre a Zeta Embalagens

Desde maio de 2011, a Zeta Distribuidora de Embalagem atua nas regiões Nordeste e Norte do Brasil. Eles são distribuidora exclusiva dos produtos da maior fabricante de embalagens de vidro do mundo, sediada em Perrysburg, Ohio, EUA, e da A Silgan White Cap do Brasil, membro do Grupo SILGAN HOLDINGS INC., líder global no fornecimento de tampas metálicas, plásticas e compostas para os segmentos de alimentos e bebidas. A grande missão da Zeta Embalagens é distribuir produtos  que atendam as necessidades do mercado, criando relacionamento com cada cliente oferecendo soluções em embalagens.

Para mais informações sobre o portfólio da Zeta Embalagens, acesse o site da empresa clicando aqui.

Beijos lupulados.

Um comentário em “Porque a maioria das garrafas de cerveja são da cor âmbar? Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: